SERVIÇOS

ULTRASSONOGRAFIA ABDOMINAL, VIAS URINÁRIAS, PROSTATA E GENITAL
 
O exame ultrassonográfico é realizado com bastante frequência por ser indolor, não provocar radiação e possibilitar o diagnóstico de diversas doenças do organismo. Consiste na colocação de um gel e um transdutor em contato com a pele da região a ser examinada. Ao emitir um ultrassom que atravessa o corpo e retorna ao transdutor novamente, o aparelho produz uma imagem na tela do vídeo, que pode ser fotografada.  
 
1 - ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDÔMEN SUPERIOR
2 - ULTRA-SONOGRAFIA PÉLVICA / PROSTÁTICA
3 - ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOMÉN TOTAL
4 - ULTRA-SONOGRAFIA DO APARELHO URINÁRIO
5 - ULTRA-SONOGRAFIA PROSTÁTICA VIA ABDOMINAL
6 - ULTRA-SONOGRAFIA TRANS-RETAL OU ENDORETAL
7 - BIÓPSIA DE PROSTATA OBJETIVOS
 
O exame ultrassonogr á¡fico é realizado com bastante frequência por ser indolor, não provocar radiação e possibilitar o diagnóstico de diversas doenças do organismo. Consiste na colocação de um gel e um transdutor em contato com a pele da região a ser examinada. Ao emitir um ultrassom que atravessa o corpo e retorna ao transdutor novamente, o aparelho produz uma imagem na tela do vídeo, que pode ser fotografada.  

1. ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDÔMEN SUPERIOR:

OBJETIVO:
- No fígado, o exame possibilita detectar lesões pequenas no parênquima hepático e dilatações nas vias biliares.
- No estudo da vesícula e vias biliares mostra com precisão a vesícula biliar e as condições da parede, bem como a dilatação do colédoco e presença ou não de cálculos.
- No pâncreas, constitui um método relevante no estudo dos processos inflamatórios agudos e crônicos, cistos e pseudocistos, tumores, anomalias congênitas e traumatismo.
- Na avaliação da cavidade abdominal, identifica tumores abdominais de conteúdo líquido ou sólido, bem como a presença de metástases hepáticas ou esplênicas e o aneurisma de aorta, e estudar a veia cava inferior em toda a sua extensão nesta cavidade.
- O exame do retroperitônio tem por finalidade identificar lesões sólidas ou coleções líquidas, cujo tratamento, na maioria das vezes, é cirúrgico.
- No sistema urinário, o estudo ultra-sonográfico dos rins permite visualizar as estruturas anatômicas, identificar os diferentes tipos de tumores, hidronefrose e doenças policísticas.
- Quanto aos ureteres e as supra-renais, só são visualizados quando dilatados e aumentados de volume, respectivamente.
- Para o exame ultra-sonográfico do abdômen, especificamente do sistema digestivo e urinário, o paciente é colocado em decúbito dorsal-horizontal, sendo a cabeça aparada sobre um travesseiro fino.

PREPARO:
- 6 horas de jejum completo.

2 - ULTRA-SONOGRAFIA PÉLVICA / PROSTÁTICA

OBJETIVOS:
- A ultra-sonografia dos genitais internos masculino é um método de fundamental importância na avaliação da bexiga, próstata e vesículas seminais.
- No estudo da próstata, possibilita detectar processos inflamatórios, hiperplasia nodular benigna, cistos e tumores, quando utilizado transdutor por via retal.
- No estudo dos genitais internos femininos, a ultra-sonografia permite o diagnóstico de afecções do útero e anexos.
- Permite adequada avaliação da bexiga.

PREPARO:
Mulheres - 1 hora antes tomar 4 copos de água e reter a urina.
Homens - 1 hora antes tomas 2 copos de água e reter a urina.


3 - ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOMÉN TOTAL

OBJETIVO:
- No fígado, o exame possibilita detectar lesões pequenas no parênquima hepático e dilatações nas vias biliares.
- No estudo da vesícula e vias biliares mostra com precisão a vesícula biliar e as condições da parede, bem como a dilatação do colédoco e presença ou não de cálculos.
- No pâncreas, constitui um método relevante no estudo dos processos inflamatórios agudos e crônicos, cistos e pseudocistos, tumores, anomalias congênitas e traumatismo.
- Na avaliação da cavidade abdominal, identifica tumores abdominais de conteúdo líquido ou sólido, bem como a presença de metástases hepáticas ou esplênicas e o aneurisma de aorta, e estudar a veia cava inferior em toda a sua extensão nesta cavidade.
- O exame do retroperitônio tem por finalidade identificar lesões sólidas ou coleções líquidas, cujo tratamento, na maioria das vezes, é cirúrgico.
- No sistema urinário, o estudo ultra-sonográfico dos rins permite visualizar as estruturas anatômicas, identificar os diferentes tipos de tumores, hidronefrose e doenças policísticas.
- Quanto aos ureteres e as supra-renais, só são visualizados quando dilatados e aumentados de volume, respectivamente.
- A ultra-sonografia dos genitais internos masculinos é um método de fundamental importância na avaliação da bexiga, próstata e vesículas seminais.
- No estudo da próstata, possibilita detectar processos inflamatórios, hiperplasia nodular benigna, cistos e tumores.
- No estudo dos genitais internos femininos, a ultra-sonografia permite o diagnóstico de afecções do útero e anexos.
- Permite adequada avaliação da bexiga.
- Para o exame ultra-sonográfico do abdômen, especificamente do sistema digestivo e urinário, o paciente é colocado em decúbito dorsal-horizontal, sendo a cabeça aparada sobre um travesseiro fino.

PREPARO:
- 6 horas de jejum completo.
- Tomar 60 gotas de Luftal de 6/6 horas na véspera do exame e/ou 4 comprimido de  Lactopurga na noite véspera do exame.
- Tomar 4 copos de água 1 hora antes do exame e reter a urina.


4 - ULTRA-SONOGRAFIA DO APARELHO URINÁRIO

OBJETIVOS:
- Avaliação dos rins, ureteres e bexiga.
- Masculino: avaliação da próstata (volume)

PREPARO:
- Não é necessário jejum.
- Tomar 1 hora antes 4 copos de água e reter urina.


5 - ULTRA-SONOGRAFIA PROSTÁTICA VIA ABDOMINAL


OBJETIVOS:
- avaliam-se as mesmas estruturas que na US pélvica masculina
- Mensurar volume da próstata,
- quantificar volume pós-micional.

PREPARO:
Tomar 5 copos d’água 2 h antes do exame e reter a urina.


6 - ULTRA-SONOGRAFIA TRANS-RETAL OU ENDORETAL

OBJETIVOS:
- Consiste na introdução do transdutor na ampola retal, para a realização de varreduras, objetivando a visualização e a detecção de afecções na próstata e vesículas seminais, e complementar os achados da ultra-sonografia pélvica.

PREPARO:
- Não necessita preparo.


7 - BIÓPSIA DE PROSTATA


OBJETIVOS:
- Localizar com exatidão, a área a ser biopsiada ou puncionada, mostrando a sua profundidade e o ângulo de inclinação, para a penetração da agulha.
- A biópsia de próstata é realizada por ultra-sonografia trans-retal e permite a obtenção de fragmentos deste órgão, nas zonas periféricas, central e transicional, para diagnóstico de câncer de próstata.

PREPARO:
- Jejum de 4 horas.
- Se estiver em tratamento com anticoagulante e/ou antiagregante plaquetário, suspender o mesmo na semana que antecede a biópsia, após consultar o médico assistente.
- Em caso de dor e/ou febre, não utilizar ASPIRINA ou AAS na semana que antecede a biópsia (utilizar TYLENOL).
- Adquira uma caixa com 03 comprimidos de TAMIRAM / LEVOFLOXACINO 500mg ou CIPROFLOXACINO 500mg ou RESPEXIL / NORFLOXACINO  400mg (antibióticos).

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:
Solicite ao seu médico, requisição para o exame ANATOMO-PATOLÓGICO do material da biópsia (lado direito e esquerdo), o qual deverá ser feito em um laboratório de anatomia patológica.
O material da biópsia será encaminhado ao laboratório de anatomia patológica pelo paciente  de sua preferência.
No preço da biópsia transretal não esta incluído, o valor do exame anatomo-patológico, que deverá ser pago diretamente ao laboratório que realizar a análise do material.
Os cuidados após o exame serão informados pelo médico que realizou o exame.

 
 
 
Itabuna-BA,
Busca rápida
 
Desenvolvedor